SUHOBRAZIL.com / For Kim Junmyeon (Suho)

Eu acho que queria mostrar para as pessoas a minha voz. Queria mostrar para as pessoas que assim como há o Baekhyun, D.O. e Chen – que são grandes vocalistas no EXO – também existe um artista chamado SUHO.

 

 

Pensamos que ele poderia usar um belo par de óculos escuros e evitar os olhares à sua volta, mas SUHO sequer usou um boné, estando no aeroporto vestido casualmente. Ele manteve essa postura casual até o final da viagem, quando ele chegou a Seul. Além disso, durante sua viagem a Suíça, SUHO nos mostrou cada uma de suas perspectivas de como “um membro do EXO deve ser”. Ele é um artista com um estilo de vida tão saudável, que mesmo no Resort de Ski Internacional Schilthorn, ele fez questão de ir à academia sempre que teve tempo; SUHO é um aventureiro tão ousado que desafiou o parapente no pico dos Alpes, algo que nos fez ficar tontos.

 

À beira do lago de Zurich, onde o passado e o presente se encontram, ele acordou cedo para correr e disse que o lugar que ele mais queria ir era o Museu de Arte Moderna de Kunsthaus. Em frente ao autorretrato de Van Gogh que tem lugar no museu, SUHO ficou por um pouco de tempo. Nós estávamos dispostos a ver o lado puro do líder do EXO, o grupo com mais fãs na terra, enquanto viajávamos pra cima e para baixo entre Schilthorn e Zurich. Ele queria dividir sua bondade com todos, dividir qualquer coisa boa com seus membros e seus fãs. A entrevista foi feita no trem para Zurich, nosso segundo destino. Lá fora, o cenário da Suíça mudava de tempo em tempo.

 

◎◎◎

 

 
 

 

— Nós estamos no meio de nossa agenda. O que essa viagem significa pra você?
Eu nunca estive na Europa antes, e a Suíça é um país que todos querem visitar pelo menos uma vez, então realmente esperei muito por essa viagem. Com essa oportunidade, consegui sentir o cenário, fiquei muito animado e até comprei uma nova câmera.

 

 

— Nós estamos fazendo sessões de fotos, então não é totalmente uma viagem (à passeio). Quando você chegou aqui, sentiu-se numa viagem para negócios, ou só que estava passeando?
Algo que tenho certeza é de que não senti que vim para cá a trabalho (risos). Mas isso pelo fato de que uma sessão de fotos na Suíça não é algo que acontece todos os dias. Senti-me “passeando” enquanto fazia sessões de fotos. Aproveitei cada momento. Então, me senti muito bem.

 

 

— Qual tipo de viagem você prefere? Algo para relaxar, ou cheia de atividades?
Eu prefiro a do tipo com atividades. Eu gosto de aproveitar a natureza e os lugares, então, Janeiro passado, viajei aos Estados Unidos para o Grand Canyon.

 

 

— Certo, nós ficamos surpreendidos quando você disse que gostaria de ir ao parapente, ontem. Como foi? Era tão alto que você voou por volta de 20 minutos!
Foi bem divertido, acho que nunca esquecerei. Tive uma visão tão magnífica do céu. É o momento em que você vê o quão pequenino é perante a Mãe Natureza. Mas meus gritos no meio da descida deveriam ter sido gravados. Na próxima vez quero vir esquiar com os membros.

 

 

— Você mandou fotos suas fotos na Suíça para os membros?
Eu as mandei no nosso grupo do chat. Mas foto de lazer não causam muitas reações. (risos). Mas as outras fotos que eu tirava enquanto trabalhava, eu recebia respostas como: “Deve ser difícil” ou “Pendure-se ali!”.

 

 

— Haha. Os membros não pensam nessa sessão de fotos na Suiça como um trabalho?
Não pensam? 100%! Chanyeol me enviou uma foto na neve, então lhe mostrei outra em um cenário totalmente diferente.

 

 

— Não faz muito tempo desde que o ano novo começou, não lembro quando, mas me vejo sempre comemorando a virada de ano com o EXO. Vocês sempre se apresentam por último no Gayo Daejeon, certo? É como o ‘chefão final’.
Sim, é um fardo tão grande… Mas nós quase sempre nos encontramos naquele palco no final.

 

 

— Já são 4 anos que vocês viram o ano lá, certo? Como você se sente com isso?

Nós provavelmente vamos para lá na virada do ano por sermos muito gratos por termos recebido o Daesang por quatro anos consecutivos, mas está se tornando uma grande responsabilidade. Vendo as boas apresentações de muitos seniores e juniores, eu sempre penso que temos de melhorar, precisamos mostrar algo que não constranja a premiação.

 

 

— ‘EXO se tornou uma lenda’, você não está acostumado com esse tipo de manchete agora?
Eu acredito que esse ano foi uma grande lição de casa para nós. Não é como se os prêmios não fossem importantes, mas nós queremos ser artistas que se mantêm mesmo com o passar do tempo, então cada ano é importante. A empresa, e até nós mesmos, estamos dizendo isso constantemente do terceiro e quarto ano em diante: “Nós precisamos fazer bem este ano”.

 

 

— Quando um prêmio é anunciado, antes de recebê-lo, os membros se juntam e se falam por um tempo. O que você diz a eles?
“Nós trabalhamos bem este ano, vamos fazer o mesmo no próximo”. Nós dizemos bastante coisas do tipo.

 

 

— Você sempre discursa na hora de receber um prêmio, você o prepara antes?

Eu o preparo até certo ponto. Quando eu entrei para a faculdade, um professor me disse que a resposta certa é falar honestamente, que dizer algo criado não move o coração das pessoas. Quando nós debutamos, eu sempre falava o que havia memorizado, então as pessoas diziam que eu parecia um locutor, que eu não tinha um sentimento humano na minha fala. Depois disso, eu me preparo 5-10 minutos antes de subir ao palco para falar. No MelOn Music Awards, eu fiquei tão emotivo com a apresentação do Sechkies que eu deixei de lado meu discurso e disse só o que sentia. Muitas pessoas gostaram.

 

 

— Quando eu assisto programas ou o V-APP com o EXO, muitas vezes você lidera as conversas. Como você sente em ser esse tipo de orador para os membros?
É mais uma responsabilidade. Se eu não posso fazer isso de uma forma divertida, os membros me repreendem e zombam de mim. Me zoar acaba sendo divertido em si. Baekhyun sempre é o primeiro a fazer isso, eu me pergunto se sua alegria na vida é me zoar…

 

 

— Haha! Nós devíamos ter convidado o Baekhyun também!
Pra ser honesto, muitos membros não gostam de viagens longas. Por isso nas férias, nós normalmente não saímos da Ásia. Há membros que nem mesmo deixam Seul.

 

 

— Quando escuto os álbuns do EXO, sinto que vocês vêm se tornando maduros musicalmente.

Pessoalmente os membros estão crescendo, e nosso time A&R [Artistas e Repertório] trabalha duro quando procuram músicas. Individualmente nós estamos estudando música, Chanyeol anda trabalhando bem duro. Acredito que nosso estilo vem se tornando mais maduro porque a nossa equipe também está amadurecendo conosco. Nossas opiniões estão sendo refletidas mais e mais.

 

 

— Qual música do seu último álbum refletiu mais suas opiniões?
Por exemplo, nossa faixa-título ‘Lotto’. Havia outras faixas, mas ‘Lotto’ foi selecionada como faixa-título baseada na opinião de 6 à favor e 4 contra. As outras canções eram mais juvenis, deveriam ter vindo nos anos passados. ‘Lotto’ pareceu mais madura. Nós queríamos uma vibe legal e que nos refletisse hoje então escolhemos esta canção.

 

 

— Há alguma tendência natural que faz com que vocês mostrem mais seus lados maduros?
Acredito que todos os membros irão concordar comigo nisso: Nós queríamos uma canção que nos desse tanto uma vibe legal quanto madura coreograficamente. Se os membros derem suas opinião constantemente, conseguirei trazer uma solução geral.

 

 

— Acredito que há muitas músicas no estilo ‘Ballad’ que nos fazem aproveitar o charme da voz do SUHO. Músicas como ‘White Noise’…
Enquanto ainda me sinto falho, também sinto que estou crescendo [musicalmente]. Como trainee, dei a impressão de fazer só o que era me dado, o que era pedido. Entre meus amigos e membros, há aqueles que conseguem mostrar um charme distintivo de si mesmos. Então eu escutei minha própria voz até achar meu próprio charme. Meu período de treinamento foi um pouco longo, mas venho me esforçado mais que antes desde meu debut. Tudo veio junto com meu aprendizado básico como trainee.

 

  
 

— Você não é um membro dançarino, mas posso sentir seu crescimento na dança?
Sem crescimento na dança. Pelo menos por enquanto. (risos)

 

— Sua parte solo em Monster é bem legal!
É uma parte bem difícil. Outros membros também a acharam difícil. Você precisa completá-la com sentimento, mas eu estava em falta com este ‘sentimento’, então eu a pratiquei muito. Mas quando estou apresentando show após show, minha estamina se deteriora, ou às vezes o sentimento é esmagado e fica em ruínas, a roupa também reflete como a dança deve se mostrar. Eu pessoalmente não fiquei satisfeito com nossa última apresentação na premiação.

 

 

— EXO vem trazendo diversas coreografias legais desde o debut. Todas parecem consideravelmente difíceis, mas quando eu assisti o ‘Infinite Challenge’, vocês aprenderam a coreografia em dois dias? Vocês são gênios ou algo assim?
Haha. Após fazer isso por algum tempo, você assimila algumas movimentações, então a verdade é que é mais fácil aprender coreografias agora que antigamente. Eu sou um pouco ambicioso, então estou tendo aulas particulares. Não sempre, mas sempre que posso.

 

 

— Há alguma coreografia que foi particularmente difícil de aprender?
‘Lucky One’. As pessoas pensam que ela é fácil, mas quando você a apresenta num palco é tão difícil que chega a te matar. Há tantos movimentos que é difícil de fazê-los de um modo legal. Nós trabalhos com Tony Testa, um coreógrafo que eu respeito e que trabalhou conosco em ‘Overdose’ e também ‘Wolf’, eu preferia estas coreografias, pois não pareciam tão difíceis desde que começamos a sincronizá-las. Acho que minha coreografia favorita é ‘Overdose’, gosto tanto da música quanto do conceito.

 

 

— Sua música solo, ‘Curtain’, foi lançada assim que você chegou à Suíça, eu a ouvi rapidamente e é uma música suave com um tom jazz.
Essa é a sensação que eu tive na minha cabeça, então discuti sobre isto com o compositor, e me preparei por um longo tempo. Eu queria cantar mais do que por cima de um instrumental, então eu só colaborei com uma pianista. SM Station é um projeto que não foca tanto no lado comercial.

 

 

— Qual de seus lados você quer mostrar através dessa canção?
Eu acho que queria mostrar para as pessoas a minha voz. Queria mostrar para as pessoas que assim como há o Baekhyun, D.O. e Chen – que são grandes vocalistas no EXO – também existe um artista chamado SUHO. Fui sortudo em ganhar uma música boa e foi assim que acabei cantando “Curtain”

 

 

— EXO vem tendo mais atividades solo, não é?
Cada membro tem muitas coisas a fazer e estamos no esforçando tanto que tentamos fazê-las sempre que temos tempo. A empresa vem ajudando muito também. Eu atuei no drama ‘Star of the Universe’ porque eu queria atuar. Eu estava procurando por um papel, pequeno ou não, em um filme ou drama.

 

 

— Assisti seu drama até o episódio 9 (NT SUHOBR: ele se referiu aos sneak peeks lançados no VLIVE). É a história de uma celebridade, então há muitas cenas que podemos relacionar com você. Como por exemplo, a cena em que alguém jovem diz ‘Oh, é o Woo Joo?’ (de maneira informal) e ele responde ‘Eu sou seu amigo?’.
Haha. É verdade que é algo que eu gostaria de dizer quando as pessoas falam de modo ‘banmal’* comigo. Mas eu em vez disso, disse: “Oh, olá! Mas você poderia parar de usar banmal* como hyung?” educadamente. Apesar disso, Woo Joo é um cantor, então é alguma coisa que eu posso relacionar comigo. Tem uma cena em que ele está cantando sozinho no palco, é uma situação que eu passo muito. A cena em que o manager ou alguém da empresa lhe dá um aviso dentro do carro também. Mas eu não os interrompo com um par de fones de ouvido. Woo Joo e eu temos coisas em comum, e coisas totalmente diferentes.
*banmal é como os asiáticos chamam a forma de falar informalmente.

 

 

— Quais são as coisas em comum?
Todos têm um lado sombrio e um lado brilhante, certo? Eu peguei emprestado o “eu” dos momentos mais sombrios… Aquele de quando meu humor chega ao fundo do poço, quando eu fico mais áspero, para poder retratar o Woo Joo. Mas o Woo Joo é assim o tempo todo. Meu mau humor na verdade foi bem eficiente para (interpretar) o Woo Joo.

 

 

— Ele (Woo Joo) deve ter mudado depois de conhecer a personagem principal feminina, certo?
O drama não é muito longo, então ele precisa mudar rápido. Ele provavelmente já começou a mudar de repente.

 

 

— Seus estudos foram interrompidos por causa de suas atividades como cantor, mas originalmente você foi aceito na K-Arts para atuação, certo?
No meu terceiro ano do Ensino Médio, quando eu era trainee, eu machuquei minha perna. Foi uma situação onde eu não podia debutar no momento como dançarino e cantor porque eu não poderia dançar durante um ano. Então eu pensei muito no que eu poderia fazer naquele tempo e pensei que eu poderia ir para a faculdade, fazendo bacharelado em atuação. Como eu era ativo como cantor, eu também pensei que eu poderia começar a atuar de novo. Então eu me encontrei com “Glory Day” e pude atuar novamente.

 

 

— É uma forma diferente de se divertir de se apresentar no palco?
Eu acho que na atuação a diversão vem das variáveis. Variáveis como improvisar para filmar uma cena externa em um ambiente interno porque choveu, na verdade fazendo ficar melhor. Conhecer novas pessoas é divertido também. Em todo set, eu podia conhecer um novo diretor, novos atores, então parece novo toda vez.

 

  
 

— O que você quer fazer este ano?
(suspiro)

 

 

— Por que você está suspirando?
Sobre minha carreira de ator, este ano eu quero fazer um papel pequeno junto a grandes seniores, seja em um filme ou drama. Eu estou, ridiculamente, interpretado o principal toda vez. Quando D.O. conseguiu atuar com o Jo Jungsuk sunbaenim, eu fiquei com tanta inveja dele. Eu quero conversar e compartilhar sobre atuação e sobre a vida com os hyungs.

 

 

— Você não tem muitos atores próximos a ti?
Eu sou próximo do Byun Yohan hyung e do Lee Donghwi hyung, mas não nos conhecemos em um set de filmagem. Quando nós nos encontramos, mais da metade do que conversamos é sobre atuação e filmes. Nós olhamos os roteiros um do outro também. Quando eu encontro amigos, seniores, juniores que se formaram ou ainda estão frequentando nossa escola, eu não falo sobre nada além de atuação. Quando eu treino atuação, eu vou treinar na escola de artes. Neste processo, eu também conheço juniores que não conhecia.

 

 

ㅡ Outros membros do EXO também estão expandindo seus horizontes para atuar. Vocês falam um com o outro sobre isso?
Nós não falamos muito sobre, mas eles me apoiam muito. D.O. e Xiumin hyung vieram ao local de filmagem para me apoiar e me levaram tangerinas e vitaminas.

 

 

ㅡ E seus planos como EXO?
Vai variar dependendo das circunstâncias, mas será um ano em que estaremos mais ativos como um grupo do que nunca. Acho que a vida segue a “lei da conservação da massa e energia*”. Eu acho que quando alguém está feliz, a infelicidade acontece, quando se está infeliz, a felicidade acontece. Porque eu sou apenas um pequeno ponto na Terra, espero que eu seja ativo em 2017 com uma mente leve, não passando pela flutuação de alegria e tristeza. É minha determinação pessoal para 2017.

N/T SUHOBR: Junmyeon usou em termos espirituais. Todas as coisas são relativas e não são criadas do nada. Assim como há tristeza, podemos ter a felicidade. A felicidade não existe sem a tristeza e vice-versa. De modo que toda sorte, traz consigo um período de azar; todo o bem, o mal e assim em diante (Yin Yang).

 

 

ㅡ Mas você parece solitário agora que está aqui sozinho sem os membros?

 

Eu sou solitário. (risos)

 

 

◎◎◎

 

À ‘Doce’ equipe de photoshoot do SUHO:

 

“Doce SUHO oppa na Suíça.” A transmissão do ‘V LIVE’ do SUHO com a paisagem nevada da Suíça de fundo terminou com este discurso. Talvez por causa de sua rima cativante, ele (discurso) ficou preso na minha cabeça ao longo das horas. A equipe do photoshoot desta vez, do herói SUHO e de todos os outros, foi simplesmente doce. Tanto que o Departamento Governamental de Turismo da Suíça, que tinha trabalhado com inúmeras transmissões e mídia, reconheceu-nos como “a equipe dos sonhos”. Os fotógrafos Shin Sunhye e Hwang Byungmoon, a estilista Shi Juhee, o cabelereiro Park Naejoo, a maquiadora Hyun Yoonsoo e o gerente da SMent No Yongmin que apoiaram ativamente e desfrutaram conosco durante todos os horários, o responsável pela equipe de publicidade e planejamento Im Seungeun, o diretor de vídeo Yoo Dongseok e o diretor Kim Jiin, além do Chefe de Divisão Jo Wonmi do Departamento Governamental de Turismo da Suíça. Todos se tornaram contribuidores que eu, o editor, não poderia deixar de amar tanto! Graças a todos vocês, cada momento da viagem foi totalmente doce. No último dia, SUHO deu a cada um de nós uma caixa de macaron de presente, mais uma vez certificando o título ‘Sweet SUHO’. Desculpe, mas eu não compartilhei o macaron com qualquer outro editor e comi todos eles sozinho.

 

 
 

———-

Fonte: Allure Korea Magazine
SCANS: @plutosuho
Trad.ING: @LittleAriel13
Trad.PT: Suho Brazil | @SuhoBr

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *